Sport

Check up

O que é?

 

O Sport Check up da Clínica do Joelho é uma avaliação física completa, realizada por uma equipe de especialistas, contando com equipamentos de última geração.

Por que é importante?

Porque os resultados obtidos reproduzem um retrato fidedigno da sua saúde cardiovascular e musculoesquelética, bem como da sua aptidão física atual, fornecendo importantes informações  para que você possa desempenhar suas atividades físicas com maior segurança e com menor risco de lesões. 

Quem vai se beneficiar com estes resultados?

Em primeiro lugar, você,  que vai poder iniciar ou continuar suas atividades físicas com maior tranquilidade e menor preocupação quanto ao risco de lesões, e, em segundo lugar, seu treinador/personal trainer, que receberá dados consistentes que permitirão montar um programa de treinamento individualizado, que respeite as suas limitações atuais, com maior segurança e obtenção de melhores resultados.

Quais são os profissionais que participam da avaliação?

Médicos cardiologistas e ortopedistas, fisioterapeutas e profissionais do esporte.

Quais são as etapas do Sport Check up?

Primeiramente é feita uma consulta com o médico cardiologista do esporte, que fará sua avaliação clinica e solicitará todos os exames necessários para comprovar a saúde do seu sistema cardiovascular, como exames laboratoriais, eletrocardiograma, teste de esforço e ecocardiograma.

O segundo passo é uma consulta com o médico ortopedista, que também fará testes para avaliar suas articulações, tendões, ossos e músculos e solicitará exames como radiografias e ressonância magnética e a DENSITOMETRIA ÓSSEA COM ANÁLISE DA COMPOSIÇÃO CORPORAL.

Neste mesmo dia também será realizado a BAROPODOMETRIA.

Finalmente, de posse desses resultados, será agendada a AVALIAÇÃO COM DINAMÔMETRO ISOCINÉTICO.

Em que consiste cada um desses exames?

As consultas com os médicos cardiologista e ortopedista tem o  objetivo principal de afastar quaisquer problemas que possam predispor a lesões ou causar riscos (como sobrecarga do coração) durante a sua prática esportiva, bem como fornecer orientações para que você se mantenha saudável.

Além disso, os exames abaixo pormenorizados tem o objetivo de avaliar 3 aspectos fundamentais da aptidão física: TIPO DE PISADA, PORCENTAGEM DE GORDURA CORPORAL E SIMETRIA  E FORÇA MUSCULAR DOS MEMBROS INFERIORES.

BAROPODOMETRIA

É um método de análise das pressões plantares (da sola dos pés) que pode ser feito com um indivíduo parado ou andando. Consiste em uma plataforma computadorizada com milhares de sensores, que gera um gráfico dessas pressões, determinando qual o predomínio de apoio do pé, que pode ser neutro,  pronado (pé plano) ou supinado (pé cavo). 

Este teste permite escolher o tipo de calçado de caminhada/corrida mais adequado, e, no caso de necessidade, na indicação de confecção de palmilhas.

 

DENSITOMETRIA ÓSSEA COM AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL

A utilização do método de densitometria por dupla emissão de raios-X (DEXA) na avaliação da composição corporal, permite a medida tanto da massa óssea quanto do conteúdo corporal de gordura e massa magra.

A confirmação da excelente acurácia e do pequeno erro de precisão do exame, tornou-o referência para o estudo de composição corporal em seres humanos.

A densitometria por DEXA do corpo inteiro é o único método que avalia diretamente todos os compartimentos corporais (massa óssea, massa muscular e água, massa gordurosa), sem inferir dados a partir da medida de apenas um compartimento. No exame da composição corporal por DEXA , a água corporal está incorporada ao compartimento de massa magra (músculos), não afetando a medida do conteúdo de gordura ou de tecido ósseo. Os demais métodos não-invasivos para avaliação da composição corporal (análise da ativação de nêutrons,  submersão na água,  água marcada, potássio corporal total, etc) requerem a realização de mais de um destes exames para complementação de dados, pois avaliam apenas um compartimento corporal, inferindo os demais. Além disso  são trabalhosos, caros e não estão disponíveis na prática clínica, ficando restritos aos laboratórios de pesquisa.

Existem inúmeras aplicações clínicas do estudo da composição corporal, particularmente na Medicina Esportiva, pois existe uma relação inversamente proporcional entre a porcentagem de gordura corporal e o desempenho esportivo.

Uma vantagem adicional da Densitometria por DEXA é a determinação da composição regional, permitindo o estudo particularizado de braços, pernas, tronco e abdômen. A adiposidade abdominal, que está relacionada à resistência insulínica, dislipemia e hipertensão arterial,  representa um risco adicional para doença cardio-vascular e diabetes.

Para entender melhor, veja o video abaixo, do Dr. Luis Augusto Gasparini:

O dinamômetro isocinético é um equipamento que possibilita o estudo da função muscular durante o movimento, fornecendo informações como torque, trabalho e potência dos músculos avaliados. A avaliação destas variáveis possibilita comparações entre músculos do mesmo membro e também estabelecer relação com o outro lado, com objetivo de determinar possíveis fatores de risco para lesões.

O aparelho é formado por uma cadeira acoplada a um computador que analisa os movimentos dos músculos inferiores, possibilitando a análise  do torque, tempo de reação, potência, trabalho e resistência de vários grupos musculares.

AVALIAÇÃO COM DINAMOMETRIA ISOCINÉTICA

A avaliação muscular tem importância não apenas para a prevenção de lesões, mas também para a recuperação  de lesões ou de cirurgias como as joelho, por exemplo. Durante o período de reabilitação, o dinamômetro isocinético pode ser usado para medir a capacidade muscular e direcionar o trabalho de fisioterapia. 

Além disso, os dados fornecidos pelos testes isocinéticos permitem ao treinador/personal trainer montar uma programação individualizada, direcionando o trabalho para corrigir deficiências em um determinado grupo muscular e assimetrias.

Para entender melhor, veja a explicação do Dr. Aires Duarte Jr., no video abaixo:

© Dr. Carlos Eduardo Sanches Vaz

2020